Ambientalistas de olho nos grandes debates do ano

27/03/2014

 Os especialistas são unânimes em afirmar que o ano de 2014 será marcado por importantes negociações, duas delas direcionadas aos rumos da agenda ambiental. A primeira está confirmada para o período de 6 a 17 de outubro, na Coreia do Sul, onde acontecerá a 12ª reunião de cúpula da Convenção de Diversidade Biológica (CDB). Já a 20ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-20) está prevista para ocorrer entre 1º e 12 de dezembro em Lima, no Peru.

Vinculados à Organização das Nações Unidas (ONU), os encontros reunirão delegações de centenas de países para firmar acordos de combate ao aquecimento global e de proteção da fauna e da flora. A expectativa é que haja convergência entre os temas pois isoladas as conferências perderiam um pouco do efeito.

Na visão da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, é preciso reorganizar o processo político de diálogo entre as partes, o que envolve o setor privado, os jovens, as entidades ambientalistas e sociais, além dos trabalhadores. Ela também defende mudança de foco das reuniões de cúpula, dizendo que “chegou a hora de parar de olhar somente para o problema e procurar as soluções”. Segundo a ministra, é preciso eliminar o estresse político entre os países, provocados pelos debates acirrados em busca de um entendimento.

Ela conclui dizendo que o Brasil continua com sua determinação inabalável de avançar no processo de negociação climática, dentre outros temas relevantes.




Veja também

 1 2 >  »